Opções de Compra (Call Options)

As opções que conferem o direito de comprar um ativo a um preço pré-determinado são denominadas de opções de compra (call options). A compra desse direito é denominada de “compra longa” (long call ), enquanto que a venda desse direito é denominada de “compra curta” (short call).

As opções de compra (call options) conferem o direito de comprar o ativo subjacente a um preço pré-determinado, independentemente do comportamento desse ativo, numa data futura, a um preço relativamente inferior face ao preço do ativo subjacente. Para além, de serem instrumentos alavancados flexíveis e de risco-limitado as opções de compra são bons instrumentos de cobertura para qualquer carteira acionista.

A utilização da forma adequada de opções de compra (call options) permitirá obter lucros face a diferentes movimentos no preço da ação, tirar vantagem de novas tendências ou rápidas mudanças e cobrir risco posicional. Os pequenos investidores particulares utilizam opções de compra como instrumentos especulativos com vista a obter lucros elevados com pequenos montantes, enquanto que os grandes investidores institucionais recorrem a elas para proteger a sua carteira de ações e aumentar as suas receitas.

Como funciona uma opção de compra?

As opções de compra são contratos financeiros entre duas partes: o comprado e o vendedor com vista a comprar uma ação em particular (ou outro ativo sobre o qual a opção incida). O vendedor dá ao comprador dessas opções de compra o direito de comprar estas ações a um preço previamente fixado.

O comprador destas opções de compra pode agora aguardar que o preço das ações suba antes do vencimento da opção e vendê-las a um preço superior a outro comprador de opções de compra ou exercer o direito inerente à opção, ou seja comprar a ação ao preço previamente acordado.

O comprador poderá, então vender a ação em Mercado à vista e, assim obter lucro.

Opções de compra : Vendedores

Naturalmente, o vendedor de opções de compra espera que o valor das suas ações se mantenha estável ou decresça. Se a sua expectativa se confirmar, a venda de opções de compra sobre essas ações constituirá um retorno adicional, compensando a perda do valor de mercado da ação. Esta cobertura de risco sem ter de vender as ações é denominada de covered call.

A título de exemplo, um investidor vende uma opção de compra a €125 quando a ação está a cotar a €125 e recebe um prémio de €20. No vencimento destas opções, as ações ABC descem para €105 mas o valor em conta permanece inalterável já que os €20 de perda são compensados pelos €20 do prémio recebido no momento da venda da opção de compra.

Opções de compra: Compradores

Da mesma forma que o comprador das mesmas opções de compra espera que o preço das ações suba e está disposto a pagar um pequeno preço por essa expectativa. O rácio de volume entre as opções de venda e as opções de compra no Mercado é um indicador de sentimento do investidor amplamente utilizado – rácio venda /compra .

A título de exemplo, um investidor comprou uma opção de compra sobre a CBA a um preço fixado (preço de exercício) de €180, quando a CBA está a cotar a €180 e paga um prémio de €10. No vencimento dessas opções de compra, as ações da CBA sobem para €200. Uma vez as opções de compra facultam ao seu detentor o direito de comprar ações da CBA a 180€, está a ganhar €20, o que prefaz um lucro final de €10 (€20 menos o prémio pago no inicio do contrato). Agora, poderá vender as opções de compra pelos €20 ou exercer o direito de comprar as ações CBA a €180 e, posteriormente, vendê-las no Mercado â vista pelo valor de €200.